Júlia Tavares Rodrigues, Biblioteca Central Faculdade de Letras da Universidade do Porto

25.05.2017, 11.00-13.00, Biblioteca Nacional de Portugal

DA PUBLICAÇÃO À DIGITALIZAÇÃO: solução para uma inquietação

No âmbito da imprensa colonial periódica, são de diversa índole as questões prementes que se podem colocar. Uma delas prende-se com a sua incontornável importância para a investigação. De uma forma transversal, abarcando a História, a Cultura, a Sociologia, a Política, a Antropologia, a Geografia, etc., estas publicações são fonte inesgotável, proporcionando informação que não é possível encontrar noutro tipo de documentação.

A Biblioteca Central, integrada nos Serviços de Documentação e Informação da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, possui um espólio de grande relevância no que diz respeito às coleções periódicas tematicamente classificadas como pertencentes à imprensa colonial. Entre estas contam-se, por exemplo, o Anuário Colonial, o Boletim Geral das Colónias, Moçambique: documento trimestral, o Boletim da Sociedade de Estudos da Colónia de Moçambique, etc. De destacar, ainda, é a coleção Cadernos Colonias. Há uma inquietação que se nos põe constantemente: como vamos nós manter estas coleções em bom estado e de que forma poderemos prover à sua divulgação sem as deteriorar? Seria bom pensarmos em digitalizá-las em parceria com outras instituições: talvez seja uma solução viável, não deixando, porém, de ser um grande desafio.

Júlia Tavares Rodrigues (Bunheiro, Murtosa, 1965) é licenciada em Ciências Administrativas pela Universidade Fernando Pessoa do Porto, especializada em Ciências Documentais pela Universidade Portucalense. A sua carreira encontra-se ligada aos Serviços de Documentação e Informação da Biblioteca Central da FLUP. Desde 2003 faz a gestão e controlo das assinaturas das publicações periódicas da FLUP, a gestão da compra das assinaturas das bases de dados para a Biblioteca e os contactos entre a empresa EBSCO e a FLUP. Presentemente e desde 2004, é responsável pelo ponto de acesso da “Rede de Informação do INE em Bibliotecas do Ensino Superior”.

Anúncios
%d bloggers like this: