Daniel Pires é licenciado em Filologia Germânica e doutorado em Cultura Portuguesa, foi professor cooperante na República de S. Tomé e Príncipe e em Moçambique e leccionou português nas Universidades de Glasgow, Macau, Cantão e Goa. É autor de, entre outras, as seguintes obras: Dicionário de Imprensa Literária Portuguesa do Século XX, Dicionário da Imprensa Macaense do Século XIX, Bocage a Imagem e o Verbo, Fotobiografia de Camilo Pessanha, Wenceslau de Moraes: Permanências e Errâncias no Japão, Correspondência de Camilo Pessanha, O Marquês de Pombal, o Padre Malagrida e o Terramoto de 1755 e Padre Malagrida, o Último Condenado ao Fogo da Inquisição. Editou a obra completa de Bocage em 5 volumes e a Clepsidra de Camilo Pessanha. Comissariou várias exposições. Faz parte da comissão das comemorações dos 250 anos do nascimento de Bocage. Dirige o Centro de Estudos Bocageanos desde a sua fundação, em 1999.

Anúncios
%d bloggers like this: