Luís Manuel Crespo de Andrade, doutor em História e Teoria das Ideias, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, onde leccionou, como Professor Auxiliar, disciplinas nos domínios da Filosofia da História, da Filosofia das Ciência e da Cultura Portuguesa Contemporânea, além de ter sido coordenador do Mestrado de Ensino da Filosofia. Foi orientador de mestrado, doutoramento e pós-doutoramento de dezenas de alunos. Integrou o Conselho Directivo do Centro de História da Cultura e é coordenador do Seminário Livre de História das Ideias e do Grupo de Investigação Pensamento Moderno e Contemporâneo do Centro de História d Áquém e d’Além Mar. É investigador responsável por vários projectos nacionais e internacionais no domínio da imprensa cultural e de ideias do século XX. As suas publicações  têm-se ocupado da história das ideias políticas, da cultura portuguesa contemporânea e da edição electrónica de periódicos. É autor, entre  outros estudos, de Utopia, intelectuais e comunismo. A inscrição do  marxismo na cultura portuguesa (Lisboa, Gulbenkian, 2010). Dirige a colecção Revistas de Ideias e Cultura.

Anúncios
%d bloggers like this: